Pular para o conteúdo principal

"Web Rádio Fronteira" realiza seu primeiro lançamento internacional com a banda "Ocean Dark"

 

A

Web Rádio Fronteira realizou nesta última Terça-Feira, dia 24 de Novembro de 2020, o seu primeiro lançamento internacional, a banda “Ocean Dark”. Olli Helenius (vocalista) entrou em contato com a rádio pelo Instagram, e depois de algumas conversar com Aguiberto, o lançamento do single “Die For Me” (Morra Por Mim) ficou acertado para às 16:00 horas desta Terça no programa Tarde Jovem, como a Fronteira tem o costume de fazer os lançamentos dos artistas.

            A entrevista com a banda Ocean Dark foi realizada por meio de texto, pois assim facilitaria o entendimento do inglês para Aguiberto, pois o mesmo não fala inglês fluentemente, e por texto ele pôde traduzi-lo através do Google Tradutor. Pela manhã desta Terça entrevista, e tradução ficaram concluídas.

Inicialmente, o irmão Ezequiel Oliveira (diretor da filial no Amazonas) iria participar do programa, para fazer uma melhor interação com a leitura da entrevista, pois Aguiberto iria fazendo as perguntas, e o Ezequiel lendo as respostas que o Olli enviou pela manhã no e-mail.

No programa, tudo parecia ir muito bem, mas pouco depois de começarem, a cidade do irmão Ezequiel ficou sem energia elétrica, e a ligação que estava sendo feita por chamada de áudio no WhatsApp, caiu. Então Aguiberto prosseguiu sozinho com a leitura da entrevista. E assim, a Web Rádio Fronteira, fez o lançamento da banda “Ocean Dark”, com as músicas “Die For Me” (Morra Por Mim), e “Overdose”. Leia a entrevista na íntegra:

 

Boa tarde na Paz de Cristo. De onde vocês são?

Meu nome é Olli Helenius. Sou de Vantaa, Finlândia. Fica no sul da Finlândia, ao lado de nossa capital Helsinque.

 

Quais os nomes dos integrantes da banda?

Olli Helenius (vocal), Miko Tekoniemi (guitarra, backing vocals), Tommi Huuskonen (baixo), Nikke Karasela (bateria).

 

Quando você entrou em contato conosco pelo Instagram, nos falou que o “Ocean Dark” é uma banda de rock cristão. De qual denominação cristã vocês são? Pergunto isso porque aqui no Brasil, existem muitas denominações cristãs, como por exemplo: Assembleia de Deus, Igreja de Cristo, e tantas outras. E de outros países eu não conheço nenhuma, e sinto-me um pouco curioso quanto a isso.

Nós viemos de origens diferentes. Dois de nós são membros de uma igreja luterana, e dois de nós são pentecostais.


Como é feito o trabalho evangelístico aí na Finlândia? O que fazem para ganhar as almas para Cristo?

Existe um canal de TV cristão TV7, e duas estações de rádios cristãs que alcançam a maioria dos finlandeses. Eu, pessoalmente, vou a uma igreja onde as pessoas vão às ruas duas vezes por semana para encontrar pessoas e pregar o evangelho.

 

Como você, e os meninos da banda estão enfrentando essa pandemia de COVID-19? Como ela está aí na Finlândia, está diminuindo?

O maior "problema" do COVID-19 para nós é a falta de concertos (eventos), uma vez que só é possível organizar encontros muito pequenos. A Finlândia tem lidado bem com a pandemia, mas ultimamente tem diminuído.

 

Ok! Agora vamos voltar a falar sobre a sua banda. Como, e quando surgiu a banda “Ocean Dark”?

Sou um cantor e compositor, e é isso que faço para viver. Eu costumava fazer hard rock no passado. Mas no verão de 2019, eu realmente senti que era hora de voltar ao hard rock, e metal. Então, liguei para meus dois amigos com quem compartilhei a ideia. Então comecei a escrever músicas, e em outubro de 2019 entramos em estúdio para gravar nosso EP (seis músicas) “Voice To The Nations” (Voz Para As Nações).

 

O porquê do nome “Ocean Dark”, não poderia ser outro nome?

Foi difícil conseguir um bom nome - isso é o que achei ser o melhor.

 

Qual o propósito de vocês com a música?

Para desfrutar o presente que Deus nos deu, e dizer algo significativo nas letras.

 

Como você define o estilo musical de vocês?

É metal melódico misturado com melodias pop do norte.

 

Quantos singles, e quantos álbuns vocês já lançaram?

Lançamos dois singles “Die For Me” (Morra Por Mim), e “Overdose”. Também um Ep. No momento, estamos no estúdio gravando nosso primeiro álbum completo.

 

Hoje estamos aqui para lançarmos o single “Die For Me”, quem compôs a letra, e música dele?

Eu escrevo e componho todas as nossas canções. Então, eu, e Miko arranjamos as músicas juntos.

 

Quando ele (Die For Me) foi lançado oficialmente?

No final de Janeiro de 2020.

 

Qual a mensagem que “Die For Me” nos trás?

“Die For Me” é sobre ter uma conversa com Jesus. As pessoas modernas sempre querem saber o que têm para dar ou sacrificar, se quiserem algo. Essa música tem uma pergunta para Jesus: "se eu der minha vida por Ti, Tu morrerás por mim?".


Vamos ouvi-la? Pois eu já estou curioso!

Vá em frente!

 

Você canta muito bem. Como os ouvintes podem adquirir esse single para ouvi-lo? Ele está em alguma mídia física (CD), nas plataformas digitais, onde?

Você pode encontrar nossas músicas no YouTube, Spotify, e Itunes.

 

As bandas de rock cristão aqui do Brasil tem uma certa preocupação com relação a alta ou baixa do rock, pois existem outros estilos musicais que estão predominando aqui. E aí na Finlândia como está o rock, em alta ou em baixa? Qual estilo musical predomina aí?

A Finlândia sempre foi conhecida por ser um país do rock e do metal. Atualmente, muita música pop está dominando as paradas, mas ainda há um público para o Metal.

 

Quais as redes sociais da banda?

www.facebook.com/OceanDarkofficial

www.instagram.com/oceandarkofficial

 

Gostaria de mandar alô para alguém?

Olá, a todos que estão ouvindo. Esperamos que você goste. Siga-nos nas redes sociais e podemos continuar a conversar, e a mantermo-nos por lá.

 

Nós da Web Rádio Fronteira, na cidade de Messias Targino, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil, agradecemos seu contato conosco, e sua disponibilidade em nos ceder essa entrevista. As portas da Fronteira estão sempre abertas pra vocês. Qualquer novidade manda pra nós. Deus te, e vos abençoe sempre! Fique na Paz do SENHOR!

Muito obrigado por tocar nossa música. Amamos vocês, Deus os abençoe.


Comentários

Postagens mais visitadas

Introdos

A Introdos teve seu embrião numa banda que tocava todo domingo no antigo Culto do PA, que existia na antiga Igreja Renascer em Cristo, onde os jovens se reuniam para tocar Rock n’ Roll.  Isso aconteceu durante o ano de 2008, na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Porém, ao fim desse ano, a banda foi desfeita e alguns membros remanescentes se reuniram para dar início a um novo projeto, que tinha a intenção de explorar um som mais pesado e produzir canções autorais voltadas para evangelismo. A primeira reunião se deu em 13 de janeiro de 2009 e contou com a presença de Igor Motta (vocalista), Juninho (guitarrista) e Daniel Santana (baterista). O vocalista Ricardo da Cruz (Sim, a Introdos teria dois vocalistas) e Rubão (baixista), não conseguiram chegar à reunião nesta data, devido a imprevistos profissionais. Depois de alguns ensaios com os cinco, a banda acabou se estabelecendo como o trio que foi na primeira reunião e adotou o nome INTRODOS, em homenagem a uma

Verdade Prática

A banda Verdade Prática surgiu no ano de 2002, liderada por João Paulo das Chagas (conhecido como Paulinho Santa Cruz que atualmente segue com um projeto solo, produzido pelo Rota 33 Studio), que findou as atividades de sua antiga banda “IDEAL”, para dar lugar ao Verdade Prática, que teve início oficialmente com a entrada de Ruffles Brandon, seu atual líder. O nome da banda surgiu com uma pequena brincadeira em uma escola bíblica dominical, onde na lição de ensino tinha um trecho escrito “Verdade Aplicada”, mas alguém leu errado e falou “Verdade Prática” e por esse motivo, a banda adotou o nome. No início eles eram em cinco integrantes, e tocavam cover de outras bandas e poucas músicas autorais. A banda que já tem 20 anos de história, possui em sua discografia álbuns nunca divulgados ao público, somente o álbum “Nosso Mundo”, que foi gravado em 2011 com a voz de Paulinho Santa Cruz. Hoje o Verdade Prática conta com três integrantes: Ruffles Brandon (vocal e guit

Sentido Inverso

O projeto de pregar através da música, e mais especificamente através do rock, nasce em 2003, através do chamado recebido pelo baixista Igor Titillo. O objetivo dessa missão é levar o evangelho aos corações duros à pregação, porém abertos à música, se valendo dessa estratégia para cumprir assim o "ide" de Jesus (Yeshua). Nessa fase a banda chama-se “Banda Primus” e juntam-se a ele seus primos Leandro Velloso no teclado e voz e Léo Velloso na bateria. No meio dessa estrada, o baterista Léo Velloso deixa a banda e em seu lugar entra a Priscila Moraes. Essa fase dura até aproximadamente, o ano de 2010, quando os músicos precisam seguir por rumos pessoais e profissionais diferentes, porém sem nenhuma desavença, mantendo os laços de família e de amizade que sempre tiveram. Ainda se sentindo incomodado por não estar cumprindo o seu chamado, o baixista Igor procura reformular o ministério a fim de seguir no cumprimento de sua missão. Em 2014 surge a idéia do nom