Pular para o conteúdo principal

Banda 33 Rotações

 

A

 "Banda 33 Rotações" foi fundada em agosto de 2012, pelos irmãos “Timóteo” e “Luciano Silvério”, juntamente com seus amigos “Raphael Firmino” e “Hugo Andrade”. Antes mesmo de decidirem formarem uma banda, tocaram juntos pela primeira vez em uma Igreja Assembleia de Deus no Bairro de Ricardo/RJ. Mesmo sem se conhecerem e sem ensaio, o entrosamento foi fantástico!

Naquele momento, eles perceberam que havia uma grande possibilidade em terem uma banda juntos. Isso veio a acontecer oficialmente cerca de um ano depois. Após conversarem sobre montar uma banda, os quatro buscavam algo que gostavam em comum, e descobriram que todos eram apaixonados por “vinis”. Pensando em dar um nome ao então projeto, a ideia foi fazer uma alusão à “Cristo” referenciando sua idade (33 anos), sua vida que fez com que a história do mundo se dividisse, e sua ressurreição, que na opinião dos músicos fez com que os conceitos da época virassem de ponta cabeça, pois a ressurreição fez mudar o todo o conceito teológico na mente das pessoas. Também o nome da banda teria que referenciar a paixão dos mesmos pelos vinis de forma evidenciada. E assim, surgiu o nome “Banda 33 Rotações”, fazendo alusão as rotações do vinil (33 rpm).

A primeira apresentação foi uma pequena participação na programação da Igreja Missionária Cristã do Bairro Simone, próximo à estrada Rio São Paulo, em Campo Grande/RJ, dirigida pelo “Pr. Joaquim Neto”. O primeiro grande show foi em um evento de arrecadação realizado pela Igreja Missionária Cristã de Itaguaí/RJ, dirigida pelo “Pr. Jorge”.

O entrosamento da “Banda” se tornou tão grande, que logo ficou visível à necessidade de gravarem um disco. A gravação e produção do CD, até então sem nome, foi realizada entre 2012 e 2013 nos “Estúdios LF” em Padre Miguel/RJ, do irmão “Luís Felipe Salles Monteiro”, considerado o padrinho da “33 Rotações”.

No decorrer das gravações, sentiram a necessidade de um teclado nas músicas, neste período foi apresentado a eles, o tecladista “Rafael Costa”, membro da Igreja Metodista em Ricardo de Albuquerque, que logo depois, juntou-se oficialmente ao quarteto.

O Design da capa do CD foi um presente dos amigos “Marcos Nunes” e “Eddie Oliveira” da Gráfica Nunli Color. O álbum, agora, já com título, “O Preço”, contando apenas com 8 faixas, foi lançado em abril de 2015, na Igreja Sem Fronteiras de Itaguaí/RJ, dirigida pelo “Pr. Marivaldo” e “Lucilene Silvério”, pais dos irmãos “Timóteo” e “Luciano”. Depois do lançamento, “Rafael Costa”, o tecladista, sai da banda.

“A Banda, passou por tempos turbulentos, referente à impossibilidade profissional de os membros se encontrarem, isso fez com que Raphael e Hugo também saíssem da banda. Nesse meio tempo, houve a entrada do guitarrista Eddie Oliveira da Igreja Objetiva em Padre Miguel/RJ. Eddie chegou a tocar em alguns shows com a banda, mas logo também não pode continuar”. Comenta Timóteo, o vocalista.

Em 2017 foram gravadas as cenas do vídeo clipe da música “Let’s Pray”, que marcou a volta dos músicos “Raphael” e “Hugo”, de forma definitiva para a banda. No dia 15 de abril do mesmo ano, fizeram uma transmissão ao vivo de um ensaio, onde compuseram a música "Morreu Por Mim".

Quatro anos depois, no dia 13 de outubro de 2021 durante sua participação no programa "Tá Ligado Mano TV", apresentado pelo irmão “Ruffles Brandon”, na “Web TV Fronteira”, “Morreu Por Mim”, foi tocada em primeira mão ao vivo. A música está sendo produzida nos “Estúdios LF”, e deverá ser lançada nas plataformas digitais no ano de 2022.

Para aqueles que seguem a “33 Rotações” e estão aguardando novidades, “A ‘Banda’ está a todo vapor, concedendo entrevistas, participando de programas e podcasts [...]”. Timóteo Silvério deixa-os ainda mais ansiosos: “[...] e há muitas surpresas para os próximos meses”. Finaliza.

Você pode ouvir o álbum “O Preço”, em sua plataforma digital favorita.

 

 

FORMAÇÃO ATUAL

 

Timóteo Silvério (Voz e Violão)
           
Luciano Silvério (Bateria e Back Vocal)

Raphael Firmino (Guitarra e Back Vocal)

Hugo Andrade (Baixo e Back Vocal)


 

EX-INTEGRANTES

Rafael Costa – Teclados

Eddie Oliveira - Guitarra

 

DISCOGRAFIA

 

       

O Preço (2015) 


01 - Eu Quero Seguir A Cristo

02 - O Trem

03 - Filho

04 - Sacrifício Perfeito na Cruz

05 - Let’s Pray

06 - O Preço

07 - Sunny Day

08 - Você Pode Crer

OUÇA

 

VIDEOCLIPES 


Let's Pray

   

CONTATOS

 

Telefone/WhatsApp: (21) 9.8224-4679 (Timóteo Silvério)

 

FACEBOOK

INSTAGRAM

PALCOMP3

YOUTUBE

Comentários

Postagens mais visitadas

Introdos

A Introdos teve seu embrião numa banda que tocava todo domingo no antigo Culto do PA, que existia na antiga Igreja Renascer em Cristo, onde os jovens se reuniam para tocar Rock n’ Roll.  Isso aconteceu durante o ano de 2008, na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Porém, ao fim desse ano, a banda foi desfeita e alguns membros remanescentes se reuniram para dar início a um novo projeto, que tinha a intenção de explorar um som mais pesado e produzir canções autorais voltadas para evangelismo. A primeira reunião se deu em 13 de janeiro de 2009 e contou com a presença de Igor Motta (vocalista), Juninho (guitarrista) e Daniel Santana (baterista). O vocalista Ricardo da Cruz (Sim, a Introdos teria dois vocalistas) e Rubão (baixista), não conseguiram chegar à reunião nesta data, devido a imprevistos profissionais. Depois de alguns ensaios com os cinco, a banda acabou se estabelecendo como o trio que foi na primeira reunião e adotou o nome INTRODOS, em homenagem a uma

Sentido Inverso

O projeto de pregar através da música, e mais especificamente através do rock, nasce em 2003, através do chamado recebido pelo baixista Igor Titillo. O objetivo dessa missão é levar o evangelho aos corações duros à pregação, porém abertos à música, se valendo dessa estratégia para cumprir assim o "ide" de Jesus (Yeshua). Nessa fase a banda chama-se “Banda Primus” e juntam-se a ele seus primos Leandro Velloso no teclado e voz e Léo Velloso na bateria. No meio dessa estrada, o baterista Léo Velloso deixa a banda e em seu lugar entra a Priscila Moraes. Essa fase dura até aproximadamente, o ano de 2010, quando os músicos precisam seguir por rumos pessoais e profissionais diferentes, porém sem nenhuma desavença, mantendo os laços de família e de amizade que sempre tiveram. Ainda se sentindo incomodado por não estar cumprindo o seu chamado, o baixista Igor procura reformular o ministério a fim de seguir no cumprimento de sua missão. Em 2014 surge a idéia do nom

O Primeiro Natal

De César Augusto o decreto Para um recenseamento Marcou-se bem o evento Daqueles dias frenéticos Do nascimento profético De Jesus, o Salvador Que numa história de amor Em Belém da Judéia nasceu Sendo um menino judeu Que o mundo encantou   Maria estava grávida Saindo para a Judeia Partindo da Galileia Em longa viagem ávida Cansativa e dramática Com José o seu marido Que muito comprometido Em cumprir uma ordenança Pelo caminho avança Para ser bem sucedido   E tendo em Belém nascido Seu filho, o primogênito Não teve um aposento Para um descanso merecido Mas em seus braços protegido Foi envolvido em panos Deus no meio dos humanos Muito humilde e pacífico Da vida sentiu o risco Mas em tudo soberano   Nem sequer uma hospedaria Para proteger meu rebento De tão pobre nascimento? Talvez pensasse Maria No meio da estrebaria Cogitando alguns planos Envolvendo Jesus em panos A mãe noviça e amadora Deitou-o numa manjedoura Protegendo-o do abandono   Mas em outro lugar bem perto Outro evento acontec