Pular para o conteúdo principal

Claudio A. Castro

D

e berço evangélico, criado pela mãe, padrasto e avó, Claudio A. Castro era um assíduo frequentador da igreja, aos 17 anos ainda não era batizado, mas não faltava nos cultos. Estar com DEUS era algo de extrema importância que superava qualquer coisa.

      Por algum motivo, essa certeza começou a mudar, e Claudio se afastou da Igreja. Passou a trabalhar em um escritório de despachante (TUNA), tendo muitas oportunidades e vivendo uma ótima fase profissional.

      Em sua caminhada conheceu algumas personalidades, o jogador de futebol pentacampeão “Denilson Show” lhe ofereceu um novo emprego, e lhe apresentou artistas famosos como o cantor Belo e Grupo Soweto.

      Trabalhava nas noites em eventos importantes, rodeado por lindas modelos da TV, mas no final de cada evento noturno, chorava em seu quarto. O vazio tomava conta porque não fora pra isso que nasceu.

      Foi dispensado do trabalho que estava, e voltou para a Igreja no Ano de 2002. Em 2003 se batizou e nunca mais saiu da presença de seu Criador. Na mesma semana que havia voltado para sua vida de PAZ, DEUS lhe deu uma canção. Daí em diante não parou mais. Suas músicas nasciam através de sonhos, orações, visões e momentos a sós com o SENHOR JESUS.

      Em 2014 começou seu projeto solo com canções próprias. Claudio A. Castro deu um novo passo em sua vida ministerial.

      “Agradeço a DEUS por ter me tocado e mostrado que há algo d’Ele em mim”. Comenta Claudio A. Castro. O mesmo é um artista independente, e há doze anos faz parte do grupo de rap gospel, “Mais 1 Guerreiro”.



Se inscreva no canal no YouTube de Claudio A. Castro, clicando "AQUI".

Comentários

Postagens mais visitadas

Introdos

A Introdos teve seu embrião numa banda que tocava todo domingo no antigo Culto do PA, que existia na antiga Igreja Renascer em Cristo, onde os jovens se reuniam para tocar Rock n’ Roll.  Isso aconteceu durante o ano de 2008, na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Porém, ao fim desse ano, a banda foi desfeita e alguns membros remanescentes se reuniram para dar início a um novo projeto, que tinha a intenção de explorar um som mais pesado e produzir canções autorais voltadas para evangelismo. A primeira reunião se deu em 13 de janeiro de 2009 e contou com a presença de Igor Motta (vocalista), Juninho (guitarrista) e Daniel Santana (baterista). O vocalista Ricardo da Cruz (Sim, a Introdos teria dois vocalistas) e Rubão (baixista), não conseguiram chegar à reunião nesta data, devido a imprevistos profissionais. Depois de alguns ensaios com os cinco, a banda acabou se estabelecendo como o trio que foi na primeira reunião e adotou o nome INTRODOS, em homenagem a uma

Será realizado próxima Sexta-Feira, dia 15 de Outubro, o "Especial Fronteira" com a "Banda LSD"

  N esta Sexta Feira, dia 15 de Outubro de 2021, às 16:00 horas, será realizado na Web Rádio Fronteira, o “Especial Fronteira” com a "Banda LSD" do estado do Amapá. Na ocasião, irá entrevistá-los ao vivo. Você vai conhecer um pouco mais sobre sua história, os desafios enfrentados, saber como anda sua carreira na atualidade, quais serão os seus próximos trabalhos e a cada final de bloco você vai ouvir uma música escolhida por eles. Além disso, você poderá matar sua curiosidade sobre a Banda. Você poderá acompanhar tudo pelo Instagram: @webradiofronteira .   ENVIE SUA PERGUNTA EM ÁUDIO OU TEXTO PARA A LSD RESPONDER .   WEB RÁDIO FRONTEIRA - MESSIAS TARGINO/RN "10 ANOS, Semeando a Palavra de Deus e lhe ensinando O Caminho!"   Site: www.webradiofronteira.com Aplicativo (Play Store): Web RádioFronteira – Messias Targino/RN Fone/WhatsApp: (84) 9.9963-0719 E-mail: webradiofronteira1@gmail.com

Sentido Inverso

O projeto de pregar através da música, e mais especificamente através do rock, nasce em 2003, através do chamado recebido pelo baixista Igor Titillo. O objetivo dessa missão é levar o evangelho aos corações duros à pregação, porém abertos à música, se valendo dessa estratégia para cumprir assim o "ide" de Jesus (Yeshua). Nessa fase a banda chama-se “Banda Primus” e juntam-se a ele seus primos Leandro Velloso no teclado e voz e Léo Velloso na bateria. No meio dessa estrada, o baterista Léo Velloso deixa a banda e em seu lugar entra a Priscila Moraes. Essa fase dura até aproximadamente, o ano de 2010, quando os músicos precisam seguir por rumos pessoais e profissionais diferentes, porém sem nenhuma desavença, mantendo os laços de família e de amizade que sempre tiveram. Ainda se sentindo incomodado por não estar cumprindo o seu chamado, o baixista Igor procura reformular o ministério a fim de seguir no cumprimento de sua missão. Em 2014 surge a idéia do nom